quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ostracismo

boto na vitrola
um disco antigo
batido de poeira
entre chiados
canções belas
de um cantor
que nunca ouvi falar
"mora ali na esquina"
me dizem sobre ele

certo dia o encontro
andando nas ruas do centro
aperto sua mão
lhe digo obrigado
pela bela música que saiu de ti
e saio andando
pensando se serei o próximo
artista esquecido

22.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

domingo, 5 de fevereiro de 2017

sólida solidão

é madrugada
e eu não quero dormir
para começar mais um fatídico dia
do meu pacato cotidiano
onde tudo é tão previsível
as mesmas lamentações de hoje
prorrogo para amanhã
na esperança que novos ventos
joguem pra longe
a calmaria

meu caro,
minhas mãos pequenas
já não seguram mais
este vasto mundo
de sentimentos líquidos
quando minha solidão
é sólida

22.01.2017

por: Antonio Lima Júnior