domingo, 29 de novembro de 2015

objeto navegador não-identificado

navego pelos mares
do teu coração
encontro um canto qualquer
no átrio esquerdo
para me atracar
e declaro guerra
aos ventos que te trazem
a tristeza de uma tarde
de domingo
morgada

29.09.2014

por: Antonio Lima Júnior

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

domingo, 22 de novembro de 2015

sem essa, édito

o sistema solar é um lixo
e eu como todo bom
corpo celeste
propago calor
até me apagar
e quem sabe
minha luz chegue até você
daqui alguns bilhões
de anos-luz
estampado em alguma camisa
da riachuelo
ou nos best-sellers
dos semanais

11.09.2015

por: Antonio Lima Júnior

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

águas em marte

já encontraram
água em marte
mas ainda não achei
um modo de amar-te

28.09.2015

por: Antonio Lima Júnior

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Noites

Em noites macabras
Eu apenas escrevo
Minhas emoções estampadas
Em alto relevo

Em noites vazias
De solidão avassaladora
Minha alma vira
Da tristeza pastora

Em noites melancólicas
Com sofrimento eterno
A dor aparece
Vestida de terno

Em noites tediosas
Aos prantos adormeço
Pensando em ti
Eu apenas padeço

11.10.2010

por: Antonio Lima Júnior

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

diálogos com woyzeck

Todo homem é um abismo
que há de se perder
no demônio dos teus olhos

27.07.2015

por: Antonio Lima Júnior

domingo, 1 de novembro de 2015

frequências

na primeira vez
ela deixou
a inocência

na segunda vez
um brinco
na cômoda

e na terceira
um coração
quebrado


22.06.2015

por: Antonio Lima Júnior