quarta-feira, 22 de março de 2017

O homem terceirizado

O homem terceirizado
trabalha numa obra da prefeitura
com uma furadeira
sem luvas
e sem proteção aos ouvidos
querem reduzir seu salário
cortar sua previdência
e que trabalhe por 49 anos sem parar
de carteira assinada
para receber sua aposentadoria

O homem terceirizado
não pode reclamar
não pode fazer greve
caso contrário
é demitido por justa causa
sem nenhum direito

Dizem que o homem terceirizado
já não é mais sujeito histórico
que é atrasado para ele
falar sobre luta de classes
mas só o homem terceirizado
sabe a força que tem
quando atingir a tal
consciência de classe
e junto com sua mulher
também terceirizada
numa fábrica de calçados
pararem de vender sua força de trabalho
e organizados
com seus irmãos da classe operária
tomarem o céu de assalto.

22.03.2017

Por: Antonio Lima Júnior

terça-feira, 7 de março de 2017

cores

Meu coração
cinzento
em um mundo
monocromático
prefere as amizades
coloridas

06.02.2017

por: Antonio Lima Júnior

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ostracismo

boto na vitrola
um disco antigo
batido de poeira
entre chiados
canções belas
de um cantor
que nunca ouvi falar
"mora ali na esquina"
me dizem sobre ele

certo dia o encontro
andando nas ruas do centro
aperto sua mão
lhe digo obrigado
pela bela música que saiu de ti
e saio andando
pensando se serei o próximo
artista esquecido

22.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

domingo, 5 de fevereiro de 2017

sólida solidão

é madrugada
e eu não quero dormir
para começar mais um fatídico dia
do meu pacato cotidiano
onde tudo é tão previsível
as mesmas lamentações de hoje
prorrogo para amanhã
na esperança que novos ventos
joguem pra longe
a calmaria

meu caro,
minhas mãos pequenas
já não seguram mais
este vasto mundo
de sentimentos líquidos
quando minha solidão
é sólida

22.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

domingo, 29 de janeiro de 2017

encontros casuais

na mesa de bar
você me pediu uma seda
e eu lhe dei meu coração
sem pedir nada em troca
nem sequer teu telefone

agora arrependido
me contento em ter você
entre versos sem rima
igual a minha vida

08.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

amor à primeira vista

me apaixonei por você
quando te vi
simulando sexo oral
numa garrafa de vinho
marcus james tinto suave
750ml

05.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

propaganda enganosa

Meu corpo
minhas regras
todas gastas na viagem
mas já ando tão limitado
que não atendo mais
às minhas vontades

Limito-me em ser
aquilo que não sou
quilos de farsa
um metro e meio de hipocrisia

05.01.2017

por: Antonio Lima Júnior

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

verso estelar

faço constelações
com os sinais do teu corpo
estrelas que iluminam
por anos luz
um coração já morto

04.01.2016

por: Antonio Lima Júnior

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Vida longa à União Soviética

Foi num dia como esse
que eles deixaram de hastear
nossa bandeira vermelha
e a esperança em terras geladas
desapareceu num toque de gabinete
como um sinistro presente natalino

mas tantos anos depois
ainda tremula a bandeira
em nossos corações
até que um dia
a gigante força operária
com suas mãos trêmulas de fé
faça tremular novamente
nossa bandeira vermelha
sobre a aurora socialista

26.12.2016

por: Antonio Lima Júnior

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

mulher de miragens

deusa de lábios dourados
castiga meus frágeis pecados
com tuas mãos delicadas
faz do teu ventre santuário
e dos meus lamentos vestuário
pro teu corpo nas alvoradas

teus beijos que abrem passagem
pras portas da sacanagem
e ousam avançar
de longe pra tua miragem
acreditando na vantagem
de poder te amar

ilude com o canto da sereia
tua voz me põe na beira
do precipício que traduz
uma queda livre direto
ao coração de concreto
que a tua alma me seduz

25.10.2016

por: Antonio Lima Júnior